quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Eu nem ligo

"Cê sai de perto eu penso em suicídio,
Mas no fundo eu nem ligo"
Eu queria ter uma bomba, Cazuza

Ela chega.
Ele sai.
Ela vem.
Ele vai.
Para onde vai o olhar
quando a boca já não diz:"te sigo"?
No fundo eu nem ligo.
Ele sobe.
Ela cai.
Cai em danação.
Cai.
Queda luciférica.
E cai
gritando, histérica:
Eu só queria ser igual.

Um comentário:

Cosme Teixeira disse...

vc sabe usar as palavras! sentirei saudades, mestra! visite o blog do Leonardo:www.medindodias.blogspot.com