quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Abaixo a dicotomia! (Da série poesia exclamativa)


Se a lua fosse masculina...
Se o preto indicasse alegria...
Se o sol fosse menina...
Se não existisse dicotomia...


Quero meu mundo libertado
Pra pensar e repensar.
Quero não ser enganado,
Com malícia orientado
Pra não sair do lugar.


Fora o que cristalizou!
Deixe a cabeça vazia
Pro que minha mente criou:
Abaixo a dicotomia!

3 comentários:

Alexandre disse...

você pensa tão igualzinho ao que eu penso... usa até o yin/yang... quer casar comigo?

Maria Eliane disse...

Muito lindo! A sua cara.
Bijokas.

Cosme Teixeira disse...

awesome!!!!!