quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Vida de coisa


A correia dentada - coitada!
Abandonada
Junto ao meio-fio, perto da calçada,
Sob a chuvarada.
Tão usada e nunca amada.
Agora quebrada e largada.


De tanto já serviu...
Não vale mais nada.

..................................................................
A gravura que ilustra o poema é de Oswaldo Goeldi, artista carioca do início do século XX. É chamada de "Abandono".

2 comentários:

adelaide amorim disse...

O King of Pain cresceu e deu flor enquanto a gente não estava olhando.
Beijo beijo!

oblivion seeker disse...

Eu lembro do comentário sobre este poema! :-)
Que bom poder vê-lo!